Search
Close this search box.
Home / Bíblia / Novo Testamento / Epístolas Gerais (Universais) / Cronologia das epístolas gerais

Cronologia das epístolas gerais

As epístolas gerais são uma coletânea de sete cartas do Novo Testamento que oferecem orientações e conselhos aos cristãos primitivos.

Diferentemente das epístolas paulinas, estas são chamadas “gerais” ou “universais/católicas” por não serem dirigidas a uma comunidade específica, mas a um público mais amplo.

Cronologia destas cartas é vital para entender o desenvolvimento do cristianismo e as diversas questões teológicas e práticas enfrentadas pela Igreja primitiva.

Este artigo visa explorara ordem em que essas cartas foram escritas e seus conteúdos principais, trazendo luz a sua relevância histórica e espiritual.

Ponto importante na cronologia das epístolas gerais

Assim como ocorre com as cartas paulinas, estabelecer uma cronologia exata para as epístolas gerais é um desafio.

Os acadêmicos tendem a concordar em torno de períodos aproximados baseados em análises linguísticas, estilísticas, teológicas, e referências históricas indiretas.

Essas datas aproximadas são fundamentais para entender o desenvolvimento do pensamento cristão e o contexto histórico e cultural em que estas cartas foram escritas.

A variação nas datas sugeridas reflete a riqueza desses textos, bem como a contínua busca por compreender suas origens e impactos na história do cristianismo.

Epístola de Tiago

A Epístola de Tiago, provavelmente uma das mais antigas do Novo Testamento, é atribuída a Tiago, o irmão de Jesus.

Escrita em torno de 45-50 d.C., foca em temas práticos da vida cristã, como perseverança, controle da língua, e a relação entre fé e obras.

Tiago 2:17 exemplifica sua mensagem central: “Assim também a fé, por si só, se não for acompanhada de obras, está morta.”

Primeira epístola de Pedro

A primeira Epístola de Pedro foi escrita por volta de 60-65 d.C. tendo sido atribuída ao apóstolo Pedro.

Esta carta encoraja os cristãos a permanecerem firmes na fé em meio às perseguições e sofrimentos.

Primeira de Pedro 1:6-7 exemplifica o tom encorajador e esperançoso da carta, incentivando os cristãos a se regozijarem mesmo em provações.

Segunda epístola de Pedro

Segunda de Pedro foi escrita como um último lembrete de Pedro para a igreja, alertando sobre falsos mestres e enfatizando o crescimento na fé.

Estima-se que tenha sido escrita pouco antes da morte de Pedro, por volta de 63-66 d.C. 2ª Pedro 3:9 destaca a paciência do Senhor e a promessa de Sua vinda.

Epístola de Judas

A Epístola de Judas, escrita por Judas, irmão de Tiago e Jesus, é um apelo veemente contra os falsos mestres que infiltravam a comunidade cristã.

Escrita por volta de 65-80 d.C., adverte os crentes a lutar pela fé. Judas 1:3-4 ilustra essa exortação.

Primeira epístola de João

A primeira Epístola de João, escrita por volta de 85-95 d.C., enfatiza o amor e a luz como elementos essenciais da vida cristã.

Primeira de João 4:8 ressalta que “Quem não ama não conhece a Deus, porque Deus é amor.” Esta carta desafia os crentes a viverem uma vida de amor e verdade.

Segunda epístola de João

Segunda João, uma das menores cartas do Novo Testamento, foi provavelmente escrita ao mesmo período (85-95 d.C.), que 1ª João.

Ela adverte contra falsos mestres e enfatiza a importância de viver, na verdade, e no amor. 2ª João 1:6 lembra os leitores que “E este é o amor: que andemos em obediência aos seus mandamentos.”

Terceira epístola de João

Terceira de João, escrita pelo mesmo autor de 1ª e 2ª João, foca nas questões de hospitalidade na igreja e na autoridade apostólica.

Como as outras cartas joaninas, foi escrita por volta de 90-95 d.C. 3ª João 1:11 incentiva os crentes a imitar o bem, não o mal.

Conclusão

As epístolas gerais são documentos fundamentais para compreender a fé, a ética, e as lutas da Igreja primitiva.

Elas oferecem uma visão diversificada sobre como viver a vida cristã em um mundo hostil e em constante mudança.

Através da análise de suas cronologias, percebemos como a mensagem do Evangelho foi se adaptando e fortalecendo frente aos desafios encontrados.

Estas cartas continuam a falar conosco hoje, guiando-nos em nossa jornada de fé, amor e perseverança.

Ao nos aprofundarmos em seu estudo, somos inspirados a viver conforme os elevados padrões de santidade, amor e verdade revelados por Cristo e transmitidos por seus apóstolos.

Resumo da ordem cronológica das epístolas gerais

  • Epístola de Tiago, escrita aproximadamente entre 45-50 d.C.
  • Primeira epístola de Pedro, escrita aproximadamente entre 60-65 d.C.
  • Segunda epístola de Pedro, escrita aproximadamente entre 63-66 d.C.
  • Epístola de Judas, escrita aproximadamente entre 65-80 d.C.
  • Primeira epístola de João, escrita aproximadamente entre 85-95 d.C.
  • Segunda epístola de João, escrita aproximadamente entre 85-95 d.C.
  • Terceira epístola de João, escrita aproximadamente entre 90-95 d.C.

Artigos Relacionados

Compartilhe:

Índice

Mais Populares

apostolo-paulo

33 fatos relevantes da vida do apóstolo Paulo

diferenças-entre-sumo-sacerdotes-sacerdote-e-levita

Diferenças entre sumo sacerdote, sacerdote e levita.

biblia-palavra-de-deus

A Bíblia é ou ‘contém’ a palavra de Deus?

genealogia

Por que existem duas genealogias de Jesus na Bíblia?

30-coisas-que-o-cristão-NÃO-deve-fazer

30 coisas que o cristão NÃO deve fazer

WhatsApp
Entre para o nosso grupo do WhatsApp e receba os nossos conteúdos no seu celular.